Aquecimento Global: O impacto que você sente na pele

Fonte @acidp4nic on Twitter

Aquecimento Global é um processo que aumenta a temperatura média da atmosfera e dos oceanos, interferindo e intensificando o efeito estufa, que é um processo natural e o responsável por existir vida na Terra, mantendo a temperatura ideal para vivermos nela.
Esse efeito é causado por nós mesmos. Com a atividade das nossas indústrias são liberados gases altamente poluentes para a atmosfera, fazendo com que o processo natural de aquecimento do planeta se intensifique e que o calor retido nele aumente. Além do mais, cometemos crimes ambientais como, por exemplo, desmatamento, queimadas, poluição, entre outros. O desmatamento é o maior deles já que o aquecimento global é causado principalmente pelo aumento do dióxido de carbono (CO2) na superfície terrestre, e  as plantas quando realizam a fotossíntese diminuem a quantidade deste elemento, liberando gás Oxigênio (O2) que revitaliza a Terra.
Este ciclo prejudica nós humanos em todos os aspectos e não nos traz nenhum benefício. Ele causa enchentes, alterações climáticas, aumento das temperaturas, degelo das calotas polares e desertificação, já que com o aumento das temperaturas e do Dióxido de Carbono é muito mais fácil causar queimadas naturais. Como por exemplo, a mais recente e uma das mais catastróficas, a que está acontecendo na Austrália, na qual mais de meio bilhão de animais já morreram e os moradores estão se refugiando em praias para fugir do fogo.
Os resultados deste processo até o momento são irreversíveis, mas com um pouco de esforço podemos fazer com que este problema não se agrave. Devemos assumir a responsabilidade de nosso consumo e mudarmos nossos hábitos, vivendo de um modo mais sustentável, assim não prejudicando a natureza. Além de evitarmos o desmatamento e de plantarmos mais árvores para que elas realizem seu trabalho, diminuindo a quantidade de CO2 presente no planeta Terra.

Por Mellany Nicole de Quadros Lessa

Como cuidar da sua pele no verão

Foto de Tofros.com no Pexels

É necessário saber como cuidar da sua pele em lugares com temperaturas elevadas para que ela fique bonita e radiante.

No verão as pessoas tendem ir à praia e se expõem ao sol, muitas vezes de forma excessiva, isso pode prejudicar sua pele de inúmeras formas como por exemplo câncer de pele, brotoejas, manchas e sardas brancas, acne solar, envelhecimento precoce, entre outros. Isto tudo devido aos raios invisíveis UVA (ultravioleta) e UVB (ultravioleta B) produzidos pelo sol.

O uso de protetor solar é de alta importância, pois o protege dos raios solares, evitando assim diversas doenças e problemas. Ele deve ser aplicado de 20 a 30 minutos antes da exposição ao Sol e ser reaplicado a cada 3 horas.

Fazer tratamentos de pele no verão é um grande risco, pois causa manchas difíceis de remover e danifica a pele bronzeada. Então evite principalmente tratamentos com produtos químicos e com laser.

Após banhos de mar, piscina ou exposição solar é preciso hidratar sua pele para que ela não fique seca e/ou descamada. Use hidratantes corporais e faciais para ficar linda e hidratada.

Quando falamos de hidratação não estamos falando apenas de hidratação externa, mas interna também. Por isso devemos tomar muitos líquidos, principalmente água que é responsável por purificar e hidratar o nosso corpo inteiro como pele, cabelo e unhas.

O cuidado mais básico de todos que devemos ter no verão é deixar a nossa pele sempre limpa, para isso devemos lavá-la duas vezes ao dia, assim livrando-a de sujeiras e bactérias, evitando doenças e maus odores.

É de fundamental importância saber primeiramente seu tipo de pele para somente assim conseguir cuidá-la de forma adequada, também é indispensável a visita a um profissional. 

Por Mellany Nicole de Quadros Lessa

Conceito Eco-Friendly

Imagem Pixabay

Temos cada vez mais uma crescente preocupação com os assuntos relacionados a preservação do meio ambiente em que vivemos. Atualmente, esses temas são discutidos em sociedade. Há várias iniciativas públicas e privadas de conscientização das comunidades para a questão ambiental.  Existem muitos grupos de movimentos sociais e ambientais tratando de questões relacionadas a tratamento de lixo, aquecimento global, poluição dos mares e oceanos e diversos outros assuntos, que merecem atenção especial se queremos garantir um planeta sustentável para a nossa e para as próximas gerações.

Essa necessidade de adotar ações que gerem o menor impacto possível ao meio ambiente surgiu devido aos efeitos ambientais e sociais que o consumo indiscriminado e desenfreado causou.

Nesse contexto surgiu o termo “Eco-Friendly”, que se traduz como “amigável do meio ambiente” e abrange as áreas de produtos e serviços, diretrizes e políticas ambientais, consumo consciente, comportamento social, estilo de vida e processos produtivos que procurem ser menos agressivos e causadores de danos ao meio ambiente.

O termo eco-friendly está associado a hábitos de consumo ou um estilo de vida que seja amigável com o ambiente em que vivemos. Nesse contexto, há uma preocupação geral da sociedade civil com a economia de energia, com a reciclagem de lixo, com a alimentação saudável e livre de agrotóxicos, com o consumo moderado e consciente de produtos e serviços. Em outras palavras, que sejam hábitos sustentáveis do ponto de vista ambiental e social.

Já contamos na atualidade com diversas “empresas verdes” que fabricam produtos onde o processo de produção causa o mínimo de impacto ambiental possível.  Também pensam em soluções práticas, eficientes e sustentáveis nos diversos produtos que utilizamos no cotidiano

Também podemos falar de “arquitetura verde”, onde as construções são pensadas para aproveitar da melhor maneira os recursos naturais disponíveis, como o uso da luz solar, tanto para a produção de energia quanto para a iluminação de ambientes, ou onde se pode reaproveitar a água do chuva para algumas tarefas da moradia, como a utilização para a descarga dos vasos sanitários, por exemplo.

Quanto as politicas ambientais podemos ver um crescente número de cidades pensando em meios alternativos de mobilidade urbana, que proporcionem uma redução nos níveis de poluição do ar, causada pelo excesso de veículos automotores, e verificamos a execução dessas políticas através da construção de ciclovias e parques, da criação de estacionamento e a disponibilização de bicicletas e patinetes elétricos para deslocamento da população pelas ruas da cidade. Também observamos, na grande maioria das grandes cidades do país, a disponibilização de serviços de coleta e reciclagem de lixo doméstico e industrial. Os investimentos feitos pelo poder público para a geração de energia limpa levaram a criação de diversas usinas eólicas no país nos últimos anos, e estão associados a esse pensamento e essa cultura Eco-Friendly.

Todas essas ações possuem o intuito de diminuir o impacto ao meio ambiente que a interferência humana causa na natureza, e todas elas são ações e movimentos Eco-Friendly.

Você, caro leitor, também pode se considerar um ser humano “amigo da natureza” ou “eco-friendly” adotando pequenas medidas no seu dia a dia, que causem um menor impacto ao planeta, tais como:

  • Escolha alimentos orgânicos;
  • Elimine ou reduza o consumo de produtos de origem animal, principalmente o de carnes vermelhas;
  • Opte por comprar seus alimentos de produtores locais;
  • Não desperdice alimentos, energia, água e qualquer outro recurso natural;
  • Reutilize e recicle seu lixo;
  • Faça uma horta caseira e pratique a compostagem;
  • Substitua produtos com embalagens que oferecem risco ao meio ambiente por produtos com embalagens menos agressivas como bioplásticos, escovas feitas com bambu, utensílios de vidro mais durável (evitando assim o uso de materiais descartáveis), etc.
  • Elimine ou reduza o consumo embalagens descartáveis;
  • Pratique a moda sustentável, reaproveitando peças de roupas, customizando as antigas peças e trocando em brechós e bazares;
  • Utilize produtos de higiene e beleza que são “amigos da natureza”, como cosméticos e perfumarias orgânicas, veganas ou naturais.

Por fim, podemos dizer que o conceito de Eco-Friendly é simples e amplo. Várias ações e comportamentos vem sendo adotados para a preservação dos nossos recursos naturais, mas ainda há muitas práticas ambientais em que precisamos melhorar e investir para garantir um planeta sustentável para as próximas gerações. E cada um de nós precisa fazer a sua parte. Você tem feito a sua?

Por Maria Salete Luciano Lessa

Porque estamos aqui?

Mãos que seguram o planeta, com um fundo de gramíneas verdes e luz amarela.
Green Planet in Your Hands. Save Earth. Environment Concept

Bom, aqui estamos e precisamos nos apresentar. Somos a Terracota Cosmética Natural, organização criada para comercializar cosméticos naturais, orgânicos, veganos, sem testes em animais e sem derivados de petróleo etc. Nossos produtos e nossos processos guiam-se pelas premissas do modelo eco-friendly, amigo da natureza. Nós acreditamos que podemos nos cuidar, cuidar da nossa saúde, da saúde de nossa pele e nosso cabelo da maneira mais natural possível, utilizando produtos fabricados a partir de matérias primas naturais, orgânicas, e com o mínimo de impacto ambiental e social possível. Fazendo isso, acreditamos que podemos colaborar de alguma maneira para a redução dos impactos ambientais que a indústria cosmética proporciona ao meio ambiente, e para o consumo saudável de nossos consumidores.

Mas acreditamos que nossa missão é ainda maior. Nós queremos colaborar para a redução dos impactos ambientais que o consumo desenfreado causa ao planeta e queremos dialogar com nosso público sobre as questões ambientais mais pertinentes da atualidade. Nós pretendemos falar sobre temas como aquecimento global, desmatamento, crueldade contra animais, produção de orgânicos, energia limpa e todos os outros temas ambientais que precisam ser amplamente e urgentemente discutidos em sociedade. Porque todos os problemas ambientais são urgentes e precisam de atenção imediata.

Por isso escrevemos esse blog. Para tratar de assuntos ligados a sustentabilidade e ao consumo consciente. Mas, porque mais um blog falando sobre esses assuntos, já que há tantas discussões a esse respeito na Internet? Porque acreditamos que nunca é demais falar sobre sustentabilidade, sobre meio ambiente, sobre preservação das espécies, incluindo a nossa. Acreditamos que quanto mais vozes dialogarem sobre esses temas, mais pessoas serão sensibilizadas sobre a causa ambiental, e cada vez mais conscientes estarão sobre o seu papel no planeta, e sobre o planeta que pretendem deixar para as próximas gerações.

Mas também falaremos sobre os produtos cosméticos com os quais trabalhamos. Porque são produtos éticos, produtos do bem, produtos amigos do meio ambiente. Também falaremos sobre tratamentos naturais e sobre cuidados pessoais. Porque se cuidar é importante também, assim como cuidar do planeta. Nosso intuito enquanto blog é propagar o diálogo e conhecimento sobre as questões ambientais, bem como divulgar a nossa marca e nossos produtos.

Enfim, estreamos hoje, somos novos nesse mundo dos blogs e temos muito o que falar.

Por Maria Salete Luciano

Este é só o começo do blog, então fique de olho. Assine abaixo para receber notificações das nossas novas postagens.